Como a Frente lida com interesses divergentes?

Nas palavras do Conselheiro Geral da Frente, Sr. Daniel Neves: “Para ampliar sua voz, mercado musical deve unir suas forças para ampliar debates maduros, estourando as bolhas de preconceitos existente entre grupos ou entidades setoriais, bem como se despir de bandeiras políticas. Nosso foco é estabelecer políticas pró ativas ou, se necessário, defensivas para trabalhar o setor.

A Fremúsica trabalha os interesses convergentes com o propósito de criar um local neutro, priorizando o desenvolvimento sustentável do mercado musical.